sexta-feira, 29 de junho de 2012

SEEC divulga resultado da Conta Cultura 2012.



Terceira edição contempla 42 projetos de diferentes regiões do Paraná. Investimento é de R$ 4,3 milhões.

A Secretaria de Estado da Cultura (SEEC) divulgou nesta sexta-feira (29) a relação dos projetos contemplados na Conta Cultura 2012, ação que proporciona a parceria entre empreendedores e empresas interessadas em patrocinar projetos culturais. Ao todo, 171 projetos foram inscritos, sendo que 123 estavam habilitados para concorrer. Destes, 42 foram aprovados e irão dividir aproximadamente R$ 4,3 milhões em recursos disponibilizados pelas estatais Sanepar, Copel, Compagás e Fomento Paraná. O resultado está disponível aqui.

Dos 64 projetos inscritos provenientes do interior do Estado, 26% foram aprovados. Na capital, 23% foram escolhidos, de um total de 107. Muitas propostas aprovadas prevêem apresentações em diversas cidades paranaenses. Os projetos recomendados contemplam diferentes áreas culturais.

A análise dos vencedores foi feita por uma comissão composta por sete técnicos da SEEC. A equipe avaliadora também ficou responsável por estabelecer os valores destinados para cada projeto recomendado. A comissão avaliou os trabalhos de acordo com critérios pré-estabelecidos, como sintonia entre os objetivos e diretrizes da política cultural do Estado, a circulação e difusão de bens culturais, a ampliação do acesso da população aos projetos aprovados e a promoção da arte e cultura do Paraná.

Os selecionados receberão agora uma carta de recomendação emitida pela SEEC e as empresas entrarão em contato diretamente com os produtores para viabilizar os recursos. O pagamento será feito de acordo com o cronograma de desembolso das empresas parceiras. Os proponentes com trabalhos aprovados devem pegar as cartas de recomendação na sede da SEEC (Rua Ébano Pereira, 240. Curitiba), na Coordenação de Ação Cultural (CAC).

Para participar, os projetos deviam estar previamente aprovados na Lei Rouanet ou na Lei do Audiovisual do Ministério da Cultura (MinC). O objetivo é que o número de empresas interessadas em fazer parte da Conta Cultura aumente. Assim, um número ainda maior de ações poderão ser beneficiadas nas próximas edições.

Em 2011, as duas edições da Conta Cultura propiciaram o atendimento de 63 projetos culturais de diversas regiões do Paraná, viabilizados com recursos de cerca de R$ 4,6 milhões, disponibilizados pelas empresas parceiras.


Serviço:

Resultado da Conta Cultura 2012 aqui.
(Fonte: SEEC)

quarta-feira, 27 de junho de 2012

SESC Lança anais do seminário "Cultura e Transformação Urbana".

Foi lançado dia 20/6, 20h, no SESC Belenzinho, o resultado do Seminário que aconteceu ano passado, na mesma unidade, e que discutiu a interação entre os equipamentos culturais e as cidades.

O Seminário Internacional Cultura e Transformação Urbana, sob a curadoria de Ana Carla Fonseca e realizado no SESC Belenzinho entre os dias 22 e 23/11/2011, teve como objetivo criar um amplo fórum sobre os rumos e as possibilidades das políticas e práticas culturais, realizadas não só sob a perspectiva dos equipamentos a elas destinados, mas de cidades e comunidades nas quais eles se inserem.

As discussões e bate-papos promovidos pelo seminário analisaram e debateram o impacto dos festivais e equipamentos culturais nas cidades onde estão inseridos. Quais os processos de parceria, envolvimento comunitário e governança que mais contribuem para reforçar essa relação? Quais as estratégias, as ações, os indicadores e os levantamentos de impacto realizados por alguns dos mais referenciais projetos culturais do mundo? Como utilizá-los para engendrar um processo de transformação urbana, evitando que levitem sobre a cidade, sem vincular-se a ela? Essas e outras questões serão aprofundadas em oito casos que se tornaram ícones no mundo.

Dada a relevância dos debates e tendo em vista a importância da participação de convidados brasileiros e estrangeiros, com experiência diferenciada na gestão de políticas culturais, o conteúdo produzido pelo seminário foi compilando e é publicado sob a forma de anais.

Seguindo a estrutura do Seminário, o livro está dividido em quatro temas, com artigos assinados por cada um dos seguinte participantes:
- Rede de Equipamentos Culturais, com Diretor Regional do SESC SP, Danilo Santos de Miranda e de Jorge Melguizo (Ex-Secretário de Cultura e Secretário de Desenvolvimento Social BibloRed Parques e Bibliotecas, de Bogotá, Colômbia);

- Novos usos do Patrimônio e Diálogos com o Entorno, com Olivier Caro (Chefe de Projetos da Secretaria de Cultura da I'lle de Nantes, França) e Donald Hyslop (Chefe de Parcerias e Relações com a Comunidade Tate Modern Gallery , em Londres, Inglaterra);

- Ícones Culturais de Transformação Urbana, com Roberto Goméz de la Iglesia (Consultor Diretor da C2+I - cultura, comunicación, innovación, de Bilbao, Espanha) e Stephane Lavoie (Diretor Geral – TOHU, de Montreal, Canadá);

- Festivais Internacionais com Essência Local, com Faith Liddell (Diretora do Festival de Edimburgo, em Edimburgo, Escócia) e Mauro Munhoz (Diretor da FLIP- Festa Literária de Paraty, em Parati, Brasil).


(Fonte: Portal do Sesc)

terça-feira, 26 de junho de 2012

E-book aborda comunicação, branding e relacionamento de museus.

Foto by Meg Mamede
Em entrevista à Agência Brasil no mês passado, o presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), José Nascimento Júnior, declarou que ir ao museu pode parecer um programa chato e pouco atraente para muitas pessoas.

Uma reforma estrutural das instituições museológicas vem sendo discutida nos últimos tempos, não só no Brasil, mas em todo mundo, para tentar entender o papel dos museus no atual contexto. Buscando desvendar o tema com a ajuda de quem mais entende do assunto, o jornalista Luís Marcelo Mendes compilou no e-book Reprograme uma série de análises de especialistas de diferentes partes do mundo sob a perspectiva de três áreas: comunicação, branding e relacionamento.

Estão lá a americana Julia Hoffman, responsável pelas equipes de design e marketing do Museum of Modern Arts de Nova Iorque; a belga Régine Debatty, autora do blog we-make-money-not-art.com; e o brasileiro André Stolarski, coordenador de Comunicação da Fundação Bienal de São Paulo, entre muitos outros nomes de peso.

“Há dois anos pesquiso o tema. Ao longo do caminho fui percebendo como todas as boas discussões sobre museus que estão acontecendo no mundo passam por esses eixos”, afirma Mendes, que em 20 anos de carreira atuou junto a empresas públicas e privadas no desenvolvimento de projetos de comunicação e branding, mídias digitais, editoriais, exposições e ações promocionais. “A proposta (do livro) é contribuir para amadurecer o segmento. Provocar a discussão”, explica.

A íntegra da publicação já está disponível, em inglês, na internet. Mas, Mendes quer ir além. De acordo com ele, as discussões sobre o tema já estão acontecendo no exterior, mas ainda engatinham no Brasil. Para fortalecer o debate por aqui, o jornalista quer lançar uma versão em português do Reprograme contado com a mobilização coletiva.

A publicação elenca os mais atuais tópicos de debate sobre os caminhos da experiência do museu em relação ao público e ao espaço expositivo. Um dos pontos levantados pelo compilador é o tratamento, à margem do mercado, reservado às instituições. “Nos acostumamos a entender museus como catedrais sagradas”, declara. “Relacionamento e gestão de marca são chaves para a sustentabilidade de museus”.

Ele complementa a afirmação do presidente do Ibram com uma outra abordagem: “As pessoas amam museus. Brasileiros adoram museus. Pergunte ao diretor do MoMA ou do Museu do Louvre ou do V&A o quanto eles deixam nos caixas desses museus a cada ano”. “O que você deve perguntar é: os museus gostam das pessoas?”, provoca.

Para ele, a grande transformação nesssas instituições passa pela mudança do modo como as encaramos, afastando-as da sacralidade e aproximando da ideia de praças de troca. “Do diletantismo para a expansão de parâmetros”, explica.

O projeto está no ar pelo site de crowdfunding Catarse. Para apoiar a iniciativa, clique aqui.


(Por Raul Perez para o Cultura e Mercado)

"Encontros: Arte Urbana Curitiba 2012”.

A Fundação Cultural de Curitiba, em parceria com a Associação Profissional dos Artistas Plásticos do Paraná – APAP, promove nesta quarta e quinta-feira (dias 27 e 28), no TUC – Teatro Universitário de Curitiba, os “Encontros: Arte Urbana Curitiba 2012”. O evento reunirá artistas, produtores e pesquisadores de arte, com o objetivo de ampliar o diálogo e a troca de informações entre os agentes que atuam nesse universo. Na relação de participantes estão Baixo Ribeiro e Mariana Martins, proprietários da galeria paulista Choque Cultural, e o sociólogo Nelson Brissac Peixoto.

O encontro servirá também para apresentação de um balanço das ações públicas de difusão em arte urbana, com a participação dos artistas empreendedores do edital Arte Urbana – Travessias Subterrâneas, promovido pela Fundação Cultural de Curitiba. Será exibido o vídeo promocional do filme “A Arte Urbana”, de Bruno Armelin e Otávio Souza. Os debates serão mediados por Elizabeth Serafim Prosser, que é doutora em Meio Ambiente e Desenvolvimento (UFPR) e autora do livro Graffiti Curitiba.

A participação de Baixo Ribeiro e Mariana Martins traz de São Paulo a experiência da Choque Cultural, uma galeria de arte contemporânea reconhecida por apoiar e incentivar a arte underground. Fundada em 2004, a galeria valoriza as linguagens cotidianas usadas pelos mais jovens e propõe-se a apresentá-las de modo verdadeiro e original. Assim, transformou-se numa plataforma para artistas vindos do graffiti, da tattoo, do design gráfico, da ilustração e outras procedências paralelas às artes acadêmicas. Os dois representantes da Choque Cultural também farão leitura de portfólios para artistas interessados.

Nelson Brissac Peixoto, além de dar palestra, fará o lançamento dos livros Arte/Cidade – Intervenções Urbanas e Arte/Cidade Zona Leste. Formado em Sociologia, doutor em Filosofia pela Universidade Paris I Sorbonne e professor da Universidade Católica de São Paulo, Nelson Brissac é um estudioso dos temas relativos ao meio ambiente urbano.

Os artistas Newton Goto, Devis, Cláudio Celestino, Juliana Burigo, Marciel Conrado, Ivana Carneiro e Roger Olho falarão sobre suas experiências com a arte urbana. A programação inclui também uma palestra sobre Direito Autoral, a cargo do advogado Marcelo Conrado.

Programação:

27 de junho
14h30 às 17h:
Leitura de Portfólios por Baixo Ribeiro e Mariana Martins
Vagas limitadas. Inscrições até às 18h do dia 26 de junho, exclusivamente pelo e-mail:
robertoalves@fcc.curitiba.pr.gov.br
18h
Abertura
Palestra: “A Experiência da Choque Cultural”, com Baixo Ribeiro e Mariana Martins.
18h50:
Palestra: “O Projeto Galerias Subterrâneas e a Arte de Rua em Curitiba”, com Newton Goto.
19h40:
Palestra: “Graffiti: Documentando a Arte Urbana”, com Bruno Armelin e Otavio Souza, e apresentação do vídeo promocional do filme “A Arte Urbana”.
20h30:
Palestra: “Graffiti e Seu Modernismo”, com Michael Puquevis Ando (Devis).

28 de junho
15h30:
Mesa-redonda “Estéticas Urbanas”, com Cláudio Celestino, Juliana Burigo, Marciel Conrado, Ivana Carneiro e Roger Olho, participantes do edital Travessias Subterrâneas.
17h
Palestra: “Direito Autoral”, a cargo de Marcelo Conrado.
18h
Palestra: “Intervenções Urbanas – Conceitos, Procedimentos, Projetos”, com Nelson Brissac Peixoto.
19h30
Noite de Autógrafos com Nelson Brissac Peixoto, que lança os livros Arte/Cidade – Intervenções Urbanas, editora Senac, 2012 (nova edição) e Arte/Cidade Zona Leste, editora Dardo, 2011.

Serviço
Encontros: Arte Urbana Curitiba 2012
Dias 27 e 28/06
Inscrições gratuitas
Teatro Universitário de Curitiba – TUC
Galeria Júlio Moreira
(41) 3321 3312
(Fonte: Fundação Cultural de Curitiba)

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Centro de Memória Bunge lança Manual de Propriedade Intelectual.

Centro de Memória Bunge, da Fundação Bunge, acaba de lançar um Manual Prático de Propriedade Intelectual, uma ferramenta didática de instrução para uso de seu acervo, onde o leitor poderá adquirir conhecimento sobre direitos de propriedade intelectual e de personalidade. O lançamento aconteceu em São Paulo, no dia 22 de junho, com palestra da advogada e especialista em direitos autorais Patrícia Peck para convidados.

Desenvolvido pelo escritório Patrícia Peck Pinheiro Advogados, com apoio do departamento jurídico da Bunge e da equipe do Centro de Memória Bunge, o manual tem linguagem simples e objetiva com orientações de acordo com a legislação brasileira de propriedade intelectual, em especial a Lei 9.610/98. Ele será compartilhado com pesquisadores internos e externos e outras instituições e pessoas que trabalham com gestão de acervos documentais históricos e poderá ser acessado na intranet da Bunge Brasil e pelo portal da Fundação Bunge http://www.fundacaobunge.org.br/biblioteca-bunge/

Com a consulta ao Manual, o pesquisador irá compreender a metodologia usada quando fizer uso de material disponível no acervo do Centro de Memória Bunge e entender para quais finalidades determinados conteúdos poderão ou não ser utilizados, observando eventuais limitações de uso ou precauções recomendadas.

O Manual é complementado pelo Sistema de Recomendação de Risco, um aplicativo totalmente adaptado às características específicas do Centro de Memória Bunge, que visa a facilitar a avaliação das restrições de usos para qualquer item do acervo do Centro de Memória Bunge.

O Centro de Memória Bunge foi criado em 1994 pela Fundação Bunge, entidade social da Bunge Brasil. Trata-se de um dos mais ricos acervos de memória empresarial do país, com informações sobre a história da indústria e do agronegócio brasileiros, da arquitetura, do design, do marketing e da propaganda. São mais de 200 mil imagens, 1.300 caixas com documentos textuais, 3 mil filmes e mais de 1.200 peças tridimensionais.

22o Salão Curitibano de Artes Visuais | 2012.

By Nicole Gulin

Por muito tempo o Salão do Clube Curitibano teve forte apelo Cultural. Neste momento especial, em que o Clube Completa seus 130 anos o resgate desta tradição aliada às novas expressões artísticas vão revigorar a imagem do Clube como referência cultural com uma força ainda maior.

O 22o Salão Curitibano de Artes Visuais ressurge em um novo formato , agora Bianual, reestruturado e reorganizado a fim de promover a Arte Brasileira bem como a interação do associado com as mais novas produções do meio artístico.

Desta forma o Clube Curitibano posiciona-se como um agente catalizador da promoção e apoio à vida artística nesta cidade.

O Salão deste ano conta com a Coordenação Geral da Artista Nicole Gulin, a qual desenvolveu a logo desta edição.

A inscrição é gratuita e de caracter nacional. Haverá premiação sendo o julgamento feito em categoria única, englobando: Pintura, Desenho e Escultura.


Este concurso tem como tema “Tradição e Comporaneidade”. Inscrições de 13 de junho a 31 de julho de 2012.

O coquetel de abertura e premiação será dia 29 de agosto a partir das 19h, no Centro de Integração do Clube Curitibano.

Clique aqui para baixar: Regulamento, Ficha de inscrição e Calendário.

Serviço:

Série: 22o Salão Curitibano de Artes Visuais | 2012
Data: 29 de agosto de 2012
Horário: 19hs
Local: Clube Curitibano - Curitiba - Av. Getúlio Vargas, 2857 | Centro de Integração
Tel.: (041) 30141934 - Curitiba / Pr

(Fonte: Nicole Gulin)

III Congresso de Cultura e Educação para Integração da América Latina.

 
O III CONGRESSO DE CULTURA E EDUCAÇÃO PARA A INTEGRAÇÃO DA AMÉRICA LATINA (III CEPIAL), a ser realizado em Curitiba, na Reitoria e no Prédio Histórico da UFPR, entre os dias 15 e 20 de julho de 2012, é a versão atualizada de 2 grandes congressos anteriores, realizados pelas Universidades Públicas Estaduais Paranaenses e coordenados pela Casa Latino-Americana (CASLA) – I e II CEPIAL – 1992 e 1994, localizados respectivamente em Marechal Cândido Rondon e em Maringá, ambos no Paraná, com o apoio e colaboração de múltiplas instituições governamentais e não-governamentais

Com a inspiração de semear novos rumos, este evento pretende debater os principais problemas apresentados e vividos atualmente pelas sociedades latino-americanas, partindo-se da própria perspectiva da integração, tendo como pilares desse processo a educação e a cultura.

Um novo cenário político se inicia na América Latina, cenário que pode ser propício para desenvolver um projeto que sirva de base concreta para discutir alternativas de integração, onde os povos sejam partícipes e não simplesmente observadores sem rosto.

Sociedades heterogêneas como as latino-americanas devem também debater aspectos centrais de suas identidades, na perspectiva da interculturalidade.

Historicamente marcada pela desigualdade, dependência e subdesenvolvimento, América Latina convive hoje com novos tempos, cujos sopros nos inspiram a pensá-la metaforicamente com a imagem do dente-de-leão (em português) ou do panadero (em espanhol), que serve de logomarca ao congresso e que se dissemina com o simples sopro. É uma flor democrática, prolífica e generosa que nasce espontaneamente em qualquer lugar dos campos e das cidades e está ao alcance de qualquer criança para soprá-la aos quatro ventos. (Saiba mais)
 
 
(Fonte: CEPIAL)

domingo, 24 de junho de 2012

Abertas as inscrições para edital da Virada Cultural 2012.

Estão abertas as inscrições para os interessados em integrar a programação da Virada Cultural, que este ano acontece do meio-dia do dia 10 de novembro até às 18h do dia 11 de novembro de 2012. Os recursos vêm do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura – PAIC, por meio do Fundo Municipal da Cultura. A Virada Cultural integra a Corrente Cultural, que vai de 5 a 14 de novembro. Serão aprovados até 30 projetos.

As inscrições podem ser realizadas até 16 de julho de 2012 e devem respeitar os procedimentos estabelecidos no edital. O material pode ainda ser obtido no setor de protocolo da sede da Fundação Cultural de Curitiba, localizada na Rua Engenheiros Rebouças, nº 1.732, de segunda a sexta-feira, no horário comercial (9h às 12h e 14h às 17h), mediante o pagamento das respectivas cópias.

No formulário de inscrição, os artistas e grupos podem optar por fazer a apresentação em espaços cênicos, espaços musicais, espaços dedicados às artes visuais ou logradouros públicos. Depois de preenchido, o formulário deve ser impresso e, paralelamente, salvo em arquivo digital em formato word/pdf. Os projetos podem ser apresentados por pessoa física ou pessoa jurídica, segundo o estabelecido no edital, sendo que, especificamente na área de Artes Cênicas, somente serão admitidos projetos apresentados por pessoa jurídica, com atuação comprovada na área há mais de um ano, informação que deve integrar o currículo do proponente.
 
As dúvidas e informações quanto ao edital deverão ser dirigidas para
paicatendimento@fcc.curitiba.pr.gov.br
 
(Fonte: FCC)

sábado, 23 de junho de 2012

1º Fórum Nacional da Produção Cultural em Pequenos e Médios Municípios.

Objetivo:  Reunir gestores públicos, dirigentes de instituições culturais, produtores culturais, artistas e empresas de municípios pequenos e médios;- Divulgar os mecanismos de financiamento à produção cultural existentes no país;- Capacitar gestores públicos e agentes privados da economia criativa visando a qualificação dos projetos e da produção cultural nos pequenos e médios municípios;- Promover a produção cultural no interior dos Estados objetivando a geração de trabalho e renda para as comunidades dos pequenos e médios municípios;- Estimular o setor cultural regional na busca de sinergia e de alternativas para o desenvolvimento da economia criativa;- Fortalecer a imagem de Maringá com um centro de inovação na produção cultural e nos modelos de financiamento e gestão da economia criativa e produção artística nacionalmente

Data: 07/08 à 11/08/2012
Local: Maringá

(Fonte: FPCM)

sexta-feira, 22 de junho de 2012

FLIP 2012 - 10a. Edição.



Notícias da FLIP 2012

Flip - Casa da Cultura terá homenagem a Jorge Amado e participantes internacionais

Um debate reunindo o escritor João Ubaldo Ribeiro e o dramaturgo Walcyr Carrasco em torno dos cem anos de Jorge Amado é um dos eventos especiais da Flip - Casa da Cultura.

De 4 a 8 de julho, 17 encontros, entre leituras, peças de teatro, bate-papos, filmes e lançamentos de livro ocuparão o casarão no Centro Histórico. A programação completa da Flip-Casa da Cultura pode ser consultada
aqui.

Participantes da programação principal da Tenda dos Autores,
Javier Cercas, Stephen Greenblatt e Silvia Castrillón participam também de debates na Flip-Casa da Cultura, permitindo um contato mais intimista com o público. Premiado escritor português, José Luís Peixoto volta à Flip para fazer, pela primeira vez, uma leitura pública integral de Morreste-me, escrito logo após a morte de seu pai.

Os ingressos custam R$ 10 e podem ser adquiridos apenas em Paraty na Casa da Cultura ou na bilheteria da Flip para eventos do mesmo dia ou do dia seguinte. Para eventos gratuitos é necessário retirar ingressos na Casa da Cultura uma hora antes.


Autor homenageado da Flip 2012, Carlos Drummond de Andrade é tema de uma série de atividades. Realizada em parceria com a Fundação Roberto Marinho, e patrocinada pelo jornal O Globo, a exposição Faces de Drummond ocupará o segundo andar do espaço, propondo uma leitura abrangente sobre a vida e obra do poeta. O homenageado também é tema da encenação de Cartas de Maria Julieta e Carlos Drummond de Andrade, monólogo com a atriz Sura Berditchevsky.

Festas de Paraty

Cirandas, bandas, bonecos... a vida cultural de Paraty sai às ruas durante a Flip.

Veja
aqui a programação especial e gratuita envolvendo grupos locais.

Notícias da montagem no blog! A montagem das tendas da Flip 2012 já começou. Fotos dos preparativos da cidade, depoimentos emocionantes, histórias engraçadas e outras notícias saídas do nosso forninho estão no blogwww.flip.org.br/blog

(Fonte: FLIP)

4o. Seminário do Fórum Permanente de Gestão do Conhecimento, Comunicação e Memória.

"Ritos de Passagem: Comunicação, Memória e Identidade"

No próximo dia 26 de junho o Fórum Internacional de Gestão do Conhecimento, Comunicação e Memória recebe o antropólogo Roberto DaMatta. No evento, que será realizado na sede do Memória Votorantim, o acadêmico falará sobre o tema "Ritos de Passagem: Comunicação, Memória e Identidade". Trata-se de uma reflexão sobre como os ritos definem a identidade das sociedades que os praticam e se convertem em memória constitutiva desta própria identidade.



Para inscrever-se clique aqui.

(Fonte: Aberje)

Portão Cultural aberto à cultura em Curitiba/PR.

O Portão Cultural, antigo Centro Cultural do Portão reabre suas portas depois de uma reforma que teve início em 2008. 

A Prefeitura de Curitiba devolve à população um complexo arquitetônico com área de 4827,55 m2, totalmente revitalizado, e que abriga o MuMA – Museu Municipal de Arte, o Cine Guarani, o Auditório Antônio Carlos Kraide, a Casa da Leitura Wilson Bueno e um Centro de Arte Digital, além de Espaço de Convivência e salas para cursos e projetos de ação educativa.

O objetivo é disponibilizar a artistas, estudantes e investigadores de arte um laboratório que funcione como ateliê livre e ofereça um ambiente propício à pesquisa e à reflexão.


Saiba mais em: 
Tel: (41) 3213-7530.


(Fonte: FCC)

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Guia do incentivo à cultura - 3ª edição revisada e ampliada.

A utilização do incentivo fiscal é frequente em nosso país e é aplicada em vários campos da atividade humana. O incentivo à cultura, porém, sofre de uma carência de publicações que aliem aspectos doutrinários a uma ótica mais técnica. Apresentando tópicos importantes como leis federais, estaduais e municipais comentadas e benefícios fiscais para empresas investidoras, este livro é uma contribuição àqueles que se lançaram ou querem lançar-se no caminho da construção e da sedimentação responsável do nosso patrimônio artístico e humanístico.

A terceira edição deste livro, que já se tornou a principal referência da área, traz ainda a últimas alterações da Lei Rouanet, a partir da inclusão do sistema eletrônico de envio de projetos (Salicweb) e das recentes normatizações no campo audiovisual estatuídas pela Ancine. Além disso, o leitor encontra na publicação as novidades da Lei do ICMS de São Paulo, com seus novos regulamentos, e sugestões precisas relacionadas com a difícil tarefa de captação de recursos.

Guia do incentivo à cultura é uma obra de interesse para empresas que investem em cultura, profissionais como artistas, produtores e advogados, além de estudantes de Direito, Comunicação e Marketing.

Sobre o autor:
Fábio de Sá Cesnik é advogado e sócio do escritório Cesnik, Quintino e Salinas Advogados, especializado em entretenimento, cultura e terceiro setor, onde presta consultoria jurídica para empresas patrocinadoras de cultura, artistas, produtores culturais e projetos sociais. Entre os clientes atendidos estão empresas, grupos de comunicação, produtores culturais e artistas.

Bacharel em Direito e Ciências Jurídicas pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP), Cesnik é coautor dos livros Projetos Culturais: Elaboração, Administração, Aspectos Legais e Busca de Patrocínio, na 5ª edição, e Globalização da Cultura.

Colunista de vários veículos, possui artigos publicados em diversos livros, revistas e jornais. É professor na área de incentivos fiscais à cultura de diversas escolas, dentre as quais Escola de Direito da Fundação Getulio Vargas (FGV), Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Faculdades São Luís e Faculdade Jorge Amado.


(Fonte: Editora Manole)

Programa de Exposições 2012 - SESI Arte Contemporânea.

SESI Cultura, dentro do Programa de Exposições 2012, lança edital de seleção de artistas para exposição de arte contemporânea no Centro Cultural FIEP.
 
O Sesi/PR abrirá inscrições para o projeto "Sesi Arte Contemporânea", que selecionará seis artistas brasileiros ou estrangeiros, desde que residentes legalmente no Brasil, para exporem seus trabalhos no Centro Cultural Sistema Fiep. A iniciativa valoriza a produção de arte contemporânea no país promovendo também o acesso a arte para o público em geral.

Serão selecionados ao menos dois projetos de artistas residentes no Paraná. Os seis selecionados receberão premiação no valor de R$5.000,00 em dinheiro pela participação e serão divididos em duas exposições: a primeira acontece de 20 de setembro a 18 de novembro de 2012; e a segunda, de 27 de novembro de 2012 a 03 de março de 2013.





Inscrições:

A ficha de inscrição e o regulamento estarão disponíveis a partir do dia 18/06 no site www.sesipr.org.br/cultura.

As inscrições serão feitas online, pelo e-mail editalcultura@sesipr.org.br, até o dia 31/07.


Confira o regulamento:



(fonte: SESIPR)

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Curso de Economia Criativa e Empreendedorismo ocorre nesta terça-feira 19/06.

Devido à grande procura o evento foi transferido para o Auditório Poty Lazzarotto, no Museu Oscar Niemeyer

Cuso de Economia Criativa e EmpreendedorismoQuem não pôde se inscrever pela internet para participar do curso de Economia Criativa e Empreendedorismo terá a oportunidade de fazer a inscrição na hora. O evento ocorre nesta terça-feira, dia 19, das 9h às 18h. Por conta da grande procura o curso foi transferido para o Auditório Poty Lazzarotto, no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba. Na programação, duas aulas com professores que são referência nacional na área: Ana Carla Fonseca Reis e Leandro Valiati. Os profissionais também irão conduzir uma mesa-redonda formada por agentes do setor cultural e criativo local. O evento é gratuito.

A ideia do curso é conscientizar sobre a importância da economia criativa dentro da economia nacional, como estratégia de desenvolvimento e inclusão socioeconômica. O evento também irá promover uma visão de empreendedorismo criativo e das condições necessárias a seu estímulo, além de difundir o conceito e o entendimento do que é uma cidade criativa.

Curitiba é uma das cinco capitais do país a receber o curso, realizado pela Garimpo de Soluções (SP), o qual conta com o patrocínio do SEBRAE nacional e que, no Paraná, tem também o apoio da Secretaria de Estado da Cultura (SEEC).

Programação - Na parte da manhã, estão programadas as aulas “Políticas públicas e estratégias de negócios na Economia Criativa”, do economista Leandro Valiati, e “Empreendedorismo e Economia Criativa em nossas cidades: cidades criativas”, com a economista e urbanista Ana Carla Fonseca Reis.

No período da tarde, os professores conduzem a mesa-redonda “Economia Criativa e cultura: empreendedorismo nos setores público e privado”, que terá a participação de Ricardo Dellaméa (SEBRAE/PR) e de Edra Moraes (Movimento Londrina Criativa).

Professores

Ana Carla Fonseca Reis é administradora pública pela FGV/SP. Economista, mestre cum laude em Administração de Empresas, com MBA pela Fundação Dom Cabral e doutora em Urbanismo pela USP. Consultora e conferencista internacional, tendo palestrado em mais de 20 países e em todos os estados brasileiros. Assessora em Economia Criativa para a ONU (UNCTAD e PNUD), curadora de congressos nacionais e internacionais em cidades criativas, é consultora para empresas privadas, órgãos públicos e instituições sem fins lucrativos. Autora e coautora de sete livros, incluindo “Economia da Cultura e Desenvolvimento Sustentável” (Prêmio Jabuti 2007 em Economia, Administração e Negócios).

Leandro Valiati é economista (UFRGS), mestre em Urbanismo com ênfase em Economia da Cultura (PROPUR-UFRGS), doutorando em Economia do Desenvolvimento (PPGE-UFRGS). Pesquisador em Economia da Fundação de Economia e Estatística do RS (FEE-RS). É professor, consultor e pesquisador em Economia da Cultura em diversas instituições nacionais e internacionais, entre elas UFRGS, FACAMP, Universidade de Valência - Espanha, Ministério da Cultura, UNESCO e Organização dos Estados Ibero Americanos (OEI). É especialista na construção de indicadores de avaliação socioeconômica de políticas, programas e cadeias produtivas de Economia da Cultura. Além de organizador e autor dos livros Economia da Cultura: Bem-Estar Econômico e Evolução Cultural, e Economia da Cultura e Cinema: notas empíricas sobre o Rio Grande do Sul.

Serviço
Curso de Economia Criativa e Empreendedorismo
Dia 19 de junho
Horário: 9h às 18h
Auditório Poty Lazzarotto - Rua Marechal Hermes, 999, Centro Cívico. Curitiba/PR
Inscrições gratuitas

(Fonte: SEEC)

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Conselho Nacional de Política Cultural 2012/2014.



O Ministério da Cultura deu mais um passo na consolidação da participação social no Sistema Nacional de Cultura com o início do processo eleitoral para escolha dos membros dos Colegiados Setoriais e do Plenário do Conselho Nacional de Política Cultural. Os novos representantes da sociedade civil irão exercer seus mandatos no período de 2012 a 2014. O formulário para o cadastramento dos eleitores que participarão dos Fóruns Estaduais Setoriais estará disponibilizado na página do MinC na internet até o dia 24 de junho. (Saiba mais)

(Fonte: MinC)

segunda-feira, 11 de junho de 2012

5º Prêmio Darcy Ribeiro.



O edital do 5º Prêmio Darcy Ribeiro, publicado 31 de maio, no Diário Oficial da União e desenvolvido pelo Instituto Brasileiro de Museus, visa premiar práticas e ações de educação museal que, por meio das diversas relações de mediação com os públicos, convidem à apropriação, em sentido amplo, do patrimônio cultural, valorizando-o e promovendo sua preservação. As inscrições podem ser feitas até 31 de julho de 2012, através do Sistema SalicWeb, disponível no Portal do Ministério da Cultura  e na página do Ibram. A íntegra do edital está disponível aqui.





(Fonte: IBRAM)

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Lançamento de editais do ProAC - São Paulo.

Secretaria de Estado da Cultura lança 13 editais do Programa de Ação Cultural (ProAC)
Editais somam investimento de R$ 12,1 milhões no incentivo à produção cultural independente.
A Secretaria de Estado da Cultura lança, no dia 30 de maio, 13 editais do Programa de Ação Cultural (ProAC), no valor total de R$ 12,1 milhões. Os editais abrangem cinco expressões artísticas, sendo elas teatro, dança, circo, artes cênicas para crianças e festivais de artes. Ao todo, 175 projetos serão contemplados. As inscrições estarão abertas a partir de 31 de maio (quinta-feira).
O ProAC Editais tem o objetivo de fomentar a produção artística independente, selecionando projetos culturais promissores por meio de concursos para linguagens específicas. Os contemplados – escolhidos por comissões de avaliação – recebem incentivo financeiro do Estado para executar as propostas apresentadas.
Entre as novidades deste ano, está a criação de editais específicos para primeiras obras de artistas e grupos nas linguagens Dança e Teatro, para artes cênicas com foco em crianças e para municípios com até 500 mil habitantes.
São dois editais voltados à produção para o público infantil, englobando os segmentos teatro, dança, música e circo – um para produção de espetáculo inédito, outro para difusão e circulação – no valor total de R$ 800 mil.
Para a linguagem Teatro, são três editais lançados, com investimento total de R$ 4,05 milhões, sendo R$ 1,8 milhão para produção de espetáculo inédito, R$ 1,5 milhão para difusão e circulação, e mais R$ 750 mil para primeiras obras em teatro – este último, voltado para grupos ou artistas iniciantes. Para a linguagem Dança, o ProAC 2012 reservou total R$ 2 milhões, também nas modalidades espetáculo inédito, difusão e circulação, e primeiras obras.
Já na linguagem Circo, os três editais, no valor total de R$ 1,75 milhão contemplam montagem de espetáculo ou manutenção de circo itinerante, montagem de espetáculo e temporada de grupo de circo, além de produção e apresentações de número circense.
Dentro da política de estimular a produção cultural no interior, o ProAC também possui um edital voltado especificamente para artistas de municípios com até 500 mil habitantes, no valor total de R$ 500 mil. Completando a lista dos 13 editais lançados agora, o ProAC tem R$ 3 milhões destinados ao fomento de festivais de arte.
Ainda na primeira quinzena de junho serão lançados também editais para os segmentos Museus, Artes Visuais e Patrimônio Histórico. Até o final do semestre, os editais para Literatura, Cinema/Audiovisual, Música e Diversidade Cultural também estarão publicados.
Para saber mais clique aqui.

terça-feira, 5 de junho de 2012

Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade.

Abertas, até 9 de julho, as inscrições para a 25ª edição do prêmio promovido pelo Iphan/MinC.

Brasília – Até o dia 9 de julho, pessoas físicas e jurídicas de todo o país poderão inscrever seus projetos em umas das sete categorias do prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, concedido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), vinculado ao Ministério da Cultura (MinC).

A mais importante premiação do patrimônio cultural no Brasil chega a sua 25ª edição comemorando os 75 anos da instituição e os 400 anos de São Luís, a capital maranhense.

Os sete selecionados receberão como prêmio R$ 20 mil e um troféu. As superintendências regionais do Iphan irão presidir as comissões responsáveis pela seleção das ações nos estados e no Distrito Federal.

Os vencedores estaduais serão, então, encaminhados para a Comissão Nacional de Avaliação. A divulgação dos sete vencedores está marcada para o dia 28 de setembro.

Para realizar a inscrição, os proponentes deverão procurar uma superintendência estadual do Iphan mais próxima. Para tanto deve ser apresentado um dossiê ilustrado que caracterize a atividade realizada. O edital da 25ª edição do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade está à disposição nas superintendências do Iphan e nos sites www.iphan.gov.br e www.comprasnet.gov.br.

O prêmio foi criado em 1987 pelo Iphan em reconhecimento a ações de valorização, preservação e divulgação do patrimônio cultural brasileiro. Está dividido em sete categorias: promoção e comunicação; educação patrimonial, pesquisa e inventário de acervos; preservação de bens móveis, preservação de bens imóveis; proteção do patrimônio natural e arqueológico; e salvaguarda de bens de natureza imaterial.

O advogado, jornalista e escritor mineiro Rodrigo Melo Franco de Andrade nasceu em 1898 e, em 1937, fundou o Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, que atualmente é o Iphan, órgão que presidiu até o ano de 1968.


(Texto: Ascom/MinC, com informações do IPHAN)

sábado, 2 de junho de 2012

Programa Experiência 2012 abre inscrições a partir de junho.




A partir de 4 de junho, estudantes de graduação matriculados em qualquer curso de ensino superior com produção em artes visuais já podem se candidatar ao Experiência. O programa tem como foco principal abordar aspectos do fazer artístico que proponham questões relacionadas à atuação do artista atualmente.

Fazem parte desse curso de formação o incentivo à produção dos jovens artistas selecionados, os encontros periódicos com a pesquisadora e crítica Paula Braga – para debates teóricos –, a leitura de portfólios e a discussão e avaliação de trabalhos. Também serão realizadas conversas individuais e em grupos sobre suas produções com o artista Albano Afonso e a crítica e curadora Ana Maria Maia.

Mesas de debates acessíveis ao público também são novidade neste ano. As discussões giram em torno de temas pertinentes à formação de jovens artistas no Brasil, como mercado de arte e residências artísticas.
 

Saiba como se candidatar aqui
programação
inscrição gratuita
segunda 4 de junho a sexta 13 de julho
divulgação dos selecionados
terça 31 de julho
formação
início do curso
quarta 8 de agosto
19h às 21h30
término
sexta 14 de dezembro
[aulas semanais às segundas, 19h às 21h30, e quinzenalmente aos sábados, 10h às 13h]
confirme datas e horários definitivos no site do evento
vagas
até 15 selecionados
itaú cultural | avenida paulista 149 – paraíso – são paulo sp [próximo à estação brigadeiro do metrô]

(Fonte: Itaú Cultural)

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Diva da ópera paranaense lança seu primero CD solo.

Foto divulgação

Denise Sartori, uma das maiores divas da ópera paranaense, finalmente lança seu primeiro CD solo neste final de semana em Curitiba.

Nos próximos dias 01 e 02 de junho, sexta e sábado, ninguém pode perder o lançamento deste CD há muito aguardado pelos fãs da música erudita e  também de uma das nossas maiores cantoras líricas.

O evento acontecerá no espaço cultural Capela Santa Maria, um dos lugares mais bonitos da cidade para se ouvir a boa música de câmara e lírica, depois de completamente restaurada.

O recital contará com a participação do maestro, compositor e violonista Jaime Zenamon, autor de todas as músicas do CD, além de diretor musical e músico acompanhante da cantora. O maestro compôs as 11 faixas do CD especialmente para a soprano, musicando poemas de dois grandes poetas paranaenses: Paulo Leminski e Assad Amadeu.

Quem for ao evento poderá compartilhar belos momentos musicais, com a inspiração do compositor nos brindando com trechos memoráveis de voz e violão e a sensibilidade de nossa prima donna inesquecível.

O violão do “mestre Zenamon”, a poesia concreta de Leminski, a voz cativante de Denise e a poesia simbolista de Assad Amadeu, formando uma unidade singular que você poderá conferir nos dois dias de apresentação.



Ficha Técnica
Intérprete: Denise Sartori
Compositor, Músico, Arranjador e Diretor Musical: Jaime Zenamon
Produtor Fonográfico/Elaborador do Projeto: Jul Leardini
Coordenadora Geral e Captadora de Recursos: Salete Cercal
Estúdio de Gravação, Mixagem e Masterização: Pulsar Estúdio
Fotografia: Juliano Cercal
Programação Visual: Alessandro Dutra
Prensagem: Fonomídia Ltda

(Fonte: Jul Leardini)

Salão Paranaense 2012.

A 64ª edição do Salão Paranaense, realizado pela Secretaria de Estado da Cultura (SEEC), está com inscrições abertas até 20 de julho. Serão selecionados 25 artistas para exporem suas obras durante o evento, sendo que cinco participam por meio de indicação de um comitê curatorial. Outras duas pessoas receberão o prêmio residência artística. O Salão Paranaense será realizado de 29 de novembro de 2012 a 28 de abril de 2013, no Museu de Arte Contemporânea (MAC).

Criado em 1944, é atualmente um dos principais eventos de artes plásticas do país. Em 1970 o Museu de Arte Contemporânea do Paraná, unidade da SEEC, assumiu a realização do evento, que até então estava sob a responsabilidade do Departamento de Cultura da Secretaria de Educação e Cultura do Estado do Paraná.

Em 2005 o Salão Paranaense se tornou bienal, ampliou sua área de abrangência aos países do Mercosul e instituiu prêmios a todos os artistas selecionados e convidados. O evento, desde sua concepção original, acolhe propostas que apontam novos caminhos para as artes visuais.

Clique aqui para baixar edital e ficha de escrição

(Fonte: MAC)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...