quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Governo de São Paulo libera mais R$ 18 milhões para o ProAC-ICMS.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou na última sexta-feira (26/10) a liberação de mais R$ 18 milhões para o Programa de Ação Cultural (ProAC) ICMS.

Com isso, o ProAC totaliza R$ 118 milhões – aumento de 27% em relação a 2011 (R$ 93 milhões) – e atinge pela primeira vez, desde sua criação em 2006, o valor máximo de recursos destinados para o fomento à arte e à cultura previstos na Lei 12.268/06 (0,2% do ICMS arrecadado pelo Estado voltados inteiramente para incentivos culturais).

Segundo o secretário da Cultura do Estado, Marcelo Araujo, o governo já estuda o aumento desse teto, mas ainda não foram definidos prazos ou valores. A mudança, caso ocorra, só valerá para o ano seguinte.

“Ganham os autores culturais, foram 1,8 mil projetos só este ano; ganham as empresas, que podem associar seu nome a projetos de grande importância e ganha a sociedade, que tem muito mais atividades culturais”, destacou Alckmin.

Segundo a Folha de S. Paulo, entre o início deste ano e a primeira quinzena de outubro, 1.361 projetos foram autorizados a captar via ProAC.

As empresas interessadas em patrocinar os projetos aprovados no ProAC recebem autorização do Estado para deixar de pagar em ICMS o mesmo valor destinado ao patrocínio. Diferente de outros programas de incentivo baseados em renúncia fiscal, o ProAC ICMS não exige contrapartida dos patrocinadores. “É uma renúncia fiscal feita para apoiar os projetos da cultura. Cada real de ICMS que a empresa tem que pagar ela pode investir no projeto”, explicou o secretário da fazenda, Andrea Calabi.

Representantes da classe artística apoiam o aumento no incentivo. “O investimento do governo do Estado na cultura é fundamental. O ProAC é muito importante, não só em relação a valores, mas em relação aos projetos que ele apoia”, salientou o ator Odilon Wagner.

*Com informações dos sites do Governo do Estado de São Paulo e do jornal Folha de S. Paulo.


(Fonte: Cultura e Mercado)

sábado, 27 de outubro de 2012

“O Pacto” de Nelson Albissú.

 
 
O escritor, cronista e diretor de teatro paulista, Nelson Albissú, levou a São Paulo no último dia 22 a leitura dramática “O Pacto” um monólogo feminino em um único ato, sobre a terceira idade que está pronto e à disposição de diretores e atrizes experientes, com mais de 50 anos, para ser montado.  

No dia 30/10 a leitura dramática será realizada em Mogi das Cruzes às 19h30 no CIARTE localizado na Rua Ricardo Vilela, 69 - Centro  - Entrada franca. (Duração: 60min).
Sinopse
Nina mulher de mais de 60 anos, estende, analisa e reparte o seu existencial, para o marido pianista, supostamente, na sala ao lado, fora da cena. Ele está personificado pelo som do piano que, a plateia ouve como resposta e provocação à protagonista. 
Numa explosão de sentimentos, que transitam entre mágoas, ternuras, humor e poesia, enquanto recolhe pertences do marido, espalhados pelo chão e os móveis da sua sala de visita, num exercício de construção do autor, a costureira Nina traz à tona o passado para ações no presente. Ela esgarça reminiscências, impressões e fatos, desde o primeiro momento em que conheceu o marido, pianista clássico.
Com posturas diferentes diante da vida, a costureira Nina representa a parte racional e prática da relação do casal, enquanto o marido músico constitui o sonhador. Deste modo, simbolicamente, a máquina de costura representa a Nina e, por sua vez, o piano pinta a imagem do marido.
Com essa dualidade presente na relação do casal Nina e Olavo, O PACTO estabelece um paralelo com a fábula A Cigarra e a Formiga, que o público identifica de imediato e reconhece seu próprio papel em seus relacionamentos ou mesmo na vida.
Nina é o retrato das muitas Ninas que conhecemos por aí afora. Mulheres que quanto mais negam seus companheiros, mais confessam amor e devoção por eles, por isso se sacrificam pelos sonhos e se submetem aos erros deles.
“O Pacto”, texto inédito de Nelson Albissú, com a atriz Celma Ioci, é fruto de projeto realizado com apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura  - Programa de Ação Cultural 2011 – ProAC.

 
Serviço
“O Pacto” de Nelson Albissú (leitura dramática)
Dia 30 de outubro – 19h30 no CIARTE
Rua Ricardo Vilela, 69 - Centro – Mogi das Cruzes - SP
Entrada Franca.
 
(Fonte: Nelson Albissú)

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Cascável Jazz Festival – 16ª edição.


Acontece no próximo mês em Cascavel um dos eventos culturais mais importantes do Paraná, o Cascavel Jazz Festival.

As apresentações serão realizadas nos dia 9 e 10 de novembro no Teatro da Faculdade Assis Gurgacz (FAG).  Na sexta-feira (09) sobem ao palco Pascoal Meirelles - Trio (Pascoal Meirelles - bateria - Lula Galvão - guitarra e Sérgio Barrozo - contrabaixo acústico) e Samba Jazz trio - ( Kiko Continentino - piano ; Luiz Alvez - contrabaixo acústico e Clauton "Neguinho" Sales – Baterista).  No sábado (10) as apresentações ficam por conta de Duo Sciotti - com Derico do programa do Jô e Sérgio (Derico - saxofone e flauta transversal e Sérgio - piano) e Hamilton de Holanda Trio - (Hamilton - Bandolin ; Guto Wirtti - contrabaixo e Thiaguinho da Serrinha - percussão). O Cascavel Jazz Festival é uma ação conjunta da FUNDAÇÃO CANAL 20 e da BWA – ASSESSORIA e CONSULTORIA LTDA, com o apoio do MINISTÉRIO DA CULTURA pela LEI DE INCENTIVO À CULTURA – LEI ROUANET.

O acesso ao evento é gratuito, mas somente terão acesso ao Cascavel Jazz Festival, as pessoas que retirarem o convite e preencherem um cadastro, a partir do dia 25 de outubro na FAG - Centro de Convivência, levando um brinquedo novo de qualquer valor (sugestão: homens levam para meninos e mulheres para meninas). Não haverá distribuição de convites a partir de três horas antes dos shows. Será liberada a retirada de dois convites por pessoa, desde que a mesma leve os dados de ambas para preencher o cadastro. O Cascavel Jazz Festival 2012 é um evento que coloca Cascavel em destaque no cenário cultural nacional e internacional e conta com o patrocínio da COPEL, VIAPAR, OPEN VEÍCULOS, MA MAQUINAS, PLANTAR e CONTA CULTURA do Governo do Estado.

Outras informações www.cascaveljazz.com.br  
Assessoria de Comunicação: Rosana Godoy contato@bwa.com.br
BWA - CULTURA bwa@bwaconsultoria.com.br Contatos: (45) - 9932 3552 - BWA Cultura - RICARDO / TIAGO

(Fonte: BWB Consultoria via e-mail)

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Arte/Educação de Países Ibero-americanos.


MinC e MEC realizam a quinta reunião com a participação de 20 países.

O Brasil sediará a próxima Reunião Interministerial do Programa Arte/Educação, Cultura e Cidadania, entre os dias 23 e 26 de outubro, no Windsor Guanabara Hotel, no Rio de Janeiro. A quinta edição do encontro é realizada pelos Ministérios da Cultura (MinC) e da Educação (MEC), em parceria com a Organização dos Estados Ibero-americanos para Educação, Ciência e Cultura (OEI).

O evento reunirá 60 participantes e representantes do governo de 20 países ibero-americanos: Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Peru, Portugal, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.
A reunião tem como objetivo difundir o conhecimento e a valorização da diversidade das culturas ibero-americanas e promover o Programa Metas Educativas 2021: Arte/Educação, Cultura e Cidadania da OEI. Também busca fomentar o desenvolvimento de competências cidadãs, favorecer a incorporação da cultura de cada país e do conjunto da ibero-américa nos projetos educativos e nas escolas, além de facilitar o intercâmbio entre os gestores públicos e profissionais envolvidos em projetos de integração entre arte, cultura e educação.

Na terça-feira, 23, o evento terá início com uma reunião entre diretores de festivais e de teatros nacionais e a OEI, como parte do Projeto Ibero-americano de teatro juvenil e infantil da Organização. Ziraldo, Karen Acioly e Carla Camurati são alguns dos nomes confirmados, entre muitos outros. Nos grupos de trabalho serão realizadas diferentes atividades, como as visitas técnicas para conhecer experiências e projetos educativos. Os participantes visitarão, por exemplo, a escola de samba Mirim Pimpolhos da Grande Rio, a escola municipal Rivadávia Corrêa, o Centro Cultural da Rocinha e o grupo Nós do Morro.

Interface

No Ministério da Cultura, a Secretaria de Políticas Culturais (SPC/MinC), por meio da Diretoria de Educação e Comunicação (DEC), concentra suas ações em iniciativas de interface entre cultura e educação. Para Juana Nunes, diretora de Educação e Comunicação para Cultura, a reunião será uma oportunidade de mostrar as boas experiências do Brasil.

“O encontro reforça a importância de construirmos uma política permanente de cultura para a educação. Estamos desenvolvendo projetos para que as escolas públicas sejam espaços de disseminação da cultura brasileira, por exemplo. A reunião da OEI é uma oportunidade para que troquemos nossas experiências com os demais países ibero-americanos”, explicou Juana.

Em 2011, a IV Reunião Interministerial de Arte/Educação foi realizada na cidade do Panamá.

(Texto: Cora Dias, Ascom/MinC)
(Fonte: SPC/MinC)

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Concurso Cultural para escolha da logomarca da REDEC PR. Participe!



Conheça o regulamento do concurso cultural que escolherá a logomarca da
Rede de Economia Criativa do Paraná.

Os 3 (três) primeiros colocados serão premiados com cortesias dos nossos parceiros para o concurso:
 
 

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Oi Futuro abre Edital para seleção de projetos culturais.

Foto: Oi Futuro


A Oi e o Oi Futuro abrem no último dia 03, as inscrições para a seleção de projetos culturais para 2013. Os projetos podem ser inscritos no site do Oi Futuro até às 18h do dia 05 de novembro.

Haverá dois processos de seleção distintos: um nacional, para apoio a projetos aprovados em leis municipais e estaduais de incentivo à cultura de todo o país; e outro voltado para a programação dos centros culturais do Oi Futuro, com duas modalidades de apoio:  concessão de patrocínio incentivado e cessão dos três espaços do Oi Futuro, em Ipanema e no Flamengo, no Rio de Janeiro, e em Belo Horizonte.

A seleção contempla as categorias artes visuais, artes cênicas, música, audiovisual, dança, transmídia (artes integradas com uso de tecnologias multiplataforma) e pensamento (seminários, encontros, ciclos de palestras e cursos). As categorias cultura popular, espaços culturais, patrimônio cultural, além de publicação e documentação concorrem à concessão de patrocínio fora da programação dos espaços do Oi Futuro.

O resultado será divulgado no site do Oi Futuro, em data a ser definida.

Para inscrever projetos e ter acesso ao regulamento, clique aqui.

Como parte do suporte oferecido aos  proponentes, o Oi Futuro oferece um linha gratuita para esclarecer dúvidas. O 0800 030 08 05 funcionará de segunda a sábado das 9h as 21h. O serviço não funcionará aos domingos e feriados.


(Fonte: Oi Futuro)

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Secretaria da Cultura realiza virada cultural no interior do Paraná.

Foto divulgação SEEC

Foz do Iguaçu, Maringá, Campo Mourão e Cianorte recebem o Palco Conexões, estrutura montada pela SEEC em parceria com o SESI-PR. A Virada ocorre nos dias 10 e 11 de novembro

Mais de 24 horas de programação com shows, espetáculos e muita arte. Assim será a Virada Cultural Paraná, promovida pela Secretaria de Estado da Cultura (SEEC) nos dias 10 e 11 de novembro de 2012, em cinco municípios paranaenses simultaneamente. Além de Curitiba, as cidades de Foz do Iguaçu, Maringá, Campo Mourão e Cianorte participam da edição deste ano.

As cidades receberão o Palco Conexões, estrutura montada pela SEEC em parceria com o SESI-PR, onde se apresentarão grupos artísticos locais e nacionais. Nomes como Emilio Santiago, que toca com a Orquestra à Base de Sopro, Renato Teixeira, Zeca Baleiro e Sandra de Sá, além dos grupos Vocal Brasileirão e Quarteto em Cy, Banda Mais Bonita da Cidade, Orquestra de Viola Caipira de Cascavel, Orquestra Sinfônica do Paraná com Oswaldinho do Acordeon e Viola Quebrada e muitas outras atrações.

Além dos shows no Palco Conexões, cada município está preparando um roteiro de atividades que inclui espetáculos de teatro, dança, música, cinema, entre outras, abrindo espaço para grupos da região também participarem do evento, proporcionando o acesso da população a diferentes manifestações artísticas gratuitamente. Os municípios fornecem também a infraestrutura como segurança e atendimento médico.

Estimular a descentralização da cultura no Estado faz parte das metas de governo definidas para a SEEC. Assim a Secretaria promove a circulação dos grupos que se apresentam no Palco Conexões pelas cidades participantes, contribuindo para divulgar e fortalecer a diversidade cultural do Paraná.

A Secretaria de Estado da Cultura vai investir R$ 2 milhões no evento. Além de levar cultura para diversos públicos, a Virada Paraná também contribui para fomentar o turismo e o comércio locais. A programação completa será divulgada pela SEEC nos próximos dias.

Serviço
Virada Paraná em Foz do Iguaçu, Maringá, Campo Mourão, Cianorte e Curitiba
Dias 10 e 11 de novembro de 2012

(Fonte: SEEC)


terça-feira, 16 de outubro de 2012

Mapeamento que reunirá companhias nacionais num catálogo para facilitar pedido de patrocínios passa pelo Paraná nesta semana.

Imagem: Divilgação


Ainda tem gente que acredita que teatro para criança não requer profissionalismo – um equívoco que companhias e o poder público pretendem corrigir. Uma das ações nesse sentido é o Mapeamento do Setor de Artes Cênicas para a Infância e Juventude no Brasil, que irá resultar em um catálogo pelo qual alguns dos principais financiadores de espetáculos nacionais pretendem se guiar, no futuro, na hora de distribuir verbas.

Portanto, é melhor todos os envolvidos com essa arte no estado correrem para preencher o livreto de 23 páginas que está sendo distribuído pelo produtor carioca Ricardo Schöpke, da Boto Vermelho Produções Artísticas.

O encontro de ontem, no Teatro Regina Vogue, atraiu poucas pessoas. Hoje, a reunião de explanação do mapeamento acontece no Guairinha, entre 14 e 18 horas.

“Queremos ouvir sobre a situação do estado, saber qual a visibilidade dos grupos, como é a relação com patrocinadores, prefeitura, governo e imprensa”, conta o também diretor e crítico.

Na quinta-feira, será possível entregar o caderno preenchido nos dois teatros, de acordo com Schöpke, que se desdobra para montar em cinco minutos um cenário patrocinado pela Petrobras e Ministério da Cultura, os dois principais interessados na listagem de grupos infanto-juvenis do país.

A Petrobras aproveita para divulgar, em meio aos encontros, seu Programa Distribuidor de Cultura, que prevê a circulação de peças infantis e adultas, com a provisão de R$ 2 milhões e R$ 12 milhões, respectivamente, para o biênio 2013-2014. Os projetos poderão ser inscritos a partir de novembro pelo site www.br.com/cultura.

É um dinheiro que poderá ser ampliado, de acordo com as informações obtidas no mapeamento, garante Schöpke. Para o Ministério da Cultura, as informações sobre grupos de todo o Brasil servirão para melhor distribuir recursos e até mesmo planejar novos projetos, destinando programas de formação para quem carece de profissionalização, fomento para quem tem dificuldade de captar verbas, etc. “Há quem não saiba preencher um edital”, exemplifica Schöpke.

Por trás da busca de aprimoramento da qualidade das peças para crianças e adolescentes, o projeto se baseia num conceito pelo qual esse público é formado por “seres inteligentes”, e não “consumidores”.

De cada cidade que visita (já foram 11, faltam 16), Schöpke sai com 10 a 15 livretos preenchidos. A ideia é coletar informações de grupos até dezembro, para depois editá-las e publicar o catálogo em maio do ano que vem.

Lição de casa

Entre as questões a serem respondidas estão informações do perfil da companhia, os recursos que já captou e de que fonte, além de diversas questões que buscam verificar o conhecimento do grupo sobre canais de fomento e divulgação em sua cidade.

Para a presidente da Associação de Teatro para Infância e Juventude no Estado do Paraná (Atinj), Fátima Ortiz, a passagem do mapeamento por Curitiba pode auxiliar no sentimento de grupo dos profissionais da classe.

“Em termos de qualidade, fazemos um trabalho reconhecido nacionalmente, mas buscamos promover mais troca e ações conjuntas”, disse à reportagem. Além da Atinj, a Cia. do Abração também representa o projeto de catalogação no Paraná.

Agenda

Veja onde encontrar a equipe que realiza o mapeamento do setor de artes cênicas para a infância e juventude em sua passagem por Curitiba:

Dia 16
Guairinha (R. XV de Novembro, s/n.º), (41) 3304-7900. Das 14 às 18 horas. Explicações e distribuição do livreto para preenchimento.

Dia 18
Guairinha e Teatro Regina Vogue – Shopping Estação (Av. Sete de Setembro, 2.775), (41) 2101-8293. Recebimento do livreto preenchido nas secretarias dos teatros.

Dia 22
Guairinha. Das 9 às 12 horas. Participação em debate sobre espetáculos integrantes do IV Encontro de Teatro para Crianças de Todas as Idades.


(Fonte: Gazeta do Povo de 16/10/2012)

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Lançamento de Infinita Sinfonia de Helena Kolody.



Para somar à semana do centenário de Helena Kolody e em comemoração ao nascimento da Poeta Maior, a obra “Infinita Sinfonia” foi reeditada e republicada. O livro foi organizado e coordenado por Adélia Maria Woellner, amiga de Helena e escritora, também paranaense. Adélia fez uma intensa pesquisa que enriqueceu a obra, considerada a antologia mais completa de Kolody. O livro tem mais de 500 poemas, fotos de várias fases da vida da autora, textos escritos a próprio punho e diferentes versões do mesmo poema. Além disso, o livro é organizado de acordo com as publicações feitas ao longo da vida da autora e possui um índice alfabético que facilita encontrar os poemas desejados. 

“Creio que uma das características do poeta é essa paixão pela palavra e pela leitura. A leitura amplia nossos horizontes, enriquece nossa arte. É preciso ler, ler e ler. Não só criar o hábito da leitura, mas o vício da leitura, porque o vício é uma necessidade imperiosa, um hábito compulsivo. Ler é um exercício de imaginação. E uma imaginação muito viva é outra característica do poeta e do artista em geral. Ela é nosso poder criador; é a capacidade de sonhar e de inventar, que precisa ser exercitada. Principalmente hoje, uma época tão tecnológica, em que a tônica de nossa atividade é o raciocínio. Por isso, hoje, mais do que nunca, a arte, que se estriba na imaginação, é tão importante. Fico feliz quando vejo tanta gente escrevendo, pintando, esculpindo, compondo, cantando, cultivando as mais diversas modalidades da arte.” Helena Kolody.

Livro: Infinita Sinfonia
ISBN 978-85-62241-08-6
256 páginas
Tamanho 21 x 15,5
Editora Insight

(Fonte: Editora Insigth)

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Sefic aprimora Sistema Salic Web.


Novos procedimentos garantem maior agilidade e segurança na tramitação dos projetos.

O Ministério da Cultura (MinC), por intermédio da Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura (Sefic), anuncia mais um avanço no âmbito de análise e acompanhamento de projetos incentivados pelo mecanismo de renúncia fiscal da Lei Rouanet.

Com o objetivo de garantir maior celeridade e segurança ao fluxo de tramitação dos projetos, dois novos módulos foram implantados no Sistema de Apoio às Leis de Incentivo à Cultura (Salic): automatização do pedido de prorrogação do prazo de captação de recursos e automatização das análises das marcas do Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac).

Antes da implantação das ferramentas, os proponentes solicitavam o pedido de prorrogação da captação de recursos por meio físico e solicitavam análise dos produtos com as marcas do Pronac por e-mail.

“Além de unificar eletronicamente as informações necessárias, dispensando o manuseio dos processos físicos, os módulos desburocratizam, simplificam e oferecem maior dinamismo ao processo. É mais uma ação da Sefic que visa ao aprimoramento da Lei Rouanet”, disse o secretário Henilton Menezes.

Confira, nos links abaixo, as orientações sobre cada um dos módulos:




Mais informações

Coordenação Geral de Acompanhamento e Avaliação da Sefic

Telefone do núcleo de atendimento: (61) 2024.2040

(Fonte: MinC)



segunda-feira, 1 de outubro de 2012

VI Congresso de Direito de Autor e Interesse Público.

 
 
O Grupo de Estudos em Direito Autoral e Informação da Universidade Federal de Santa Catarina (GEDAI/UFSC), realizará, nos dias 8 e 9 de outubro do corrente ano em Curitiba-PR, na Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná – UFPR e no espaço Cultural Santa Maria, ambos localizados na praça Santos Andrade, o VI Congresso de Direito de Autor e Interesse Público (VI CODAIP).
 
A 6ª edição do CODAIP, evento já estabelecido no cenário nacional de discussão acerca dos temas associados aos Direitos Autorais, novamente busca estimular a abordagem crítica e profunda acerca dos tópicos do Direito da Propriedade Intelectual.
 
O VI CODAIP é um congresso internacional e contará com a presença de palestrantes de vários países. Dentre eles já estão confirmados os professores José de Oliveira Ascensão (Portugal), Dário Moura Vicente (Portugal), Guillermo Palao Moreno (Espanha), Francisco Sierra Cabalero (Espanha), Pedro Miguel Asensio (Espanha), Valentina Delich (Argentina), Sean Flyn (Estados Unidos) e Edna Duisenberg (Noruega – chefe do Programa Economia Criativa da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento – Unctad).
 
Clique aqui para saber mais.
 
(Fonte: GEDAI/UFSC)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...