sexta-feira, 26 de junho de 2015

Sociedade polonesa mais antiga da América Latina comemora 125 anos

A Sociedade Polono-Brasileira Tadeusz Kosciuszko completa 125 anos. A instituição é a mais antiga da América Latina e lançou um livro e uma exposição em comemoração. As edições do livro são limitadas e podem ser adquiridas pelo e-mail stkcuritiba@gmail.com. A exposição fica em cartaz até o dia 16 de setembro, na Sociedade Polono-Brasileira na Rua Ébado Pereira, 502, em Curitiba.

Matéria exibida no É-Cultura da TV É-Paraná no dia 25/06/2015 às 19h10.




(Fonte: É-Parana)
***

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Livro é um marco no registro da imigração polonesa no Brasil.



A publicação traz depoimentos e fatos inéditos e será lançada com uma exposição de fotos históricas.


Uma parte da trajetória dos poloneses no Paraná é contada por meio da história da mais antiga Sociedade da Imigração Polonesa no Brasil e América Latina no livro Sociedade Polono-Brasileira Tadeusz Kosciuszko: 125 anos de contribuição para a construção do Brasil, que será lançado no dia 17 de junho, às 19h, na Sede da Sociedade. Em paralelo ao lançamento do livro, haverá exposição com fotos que contam a trajetória da edificação e da organização dos poloneses na instituição ao longo deste período de mais de um século. 

O livro, organizado por Schirlei Mari Freder e Denise Sielski, com pesquisa e texto de autoria dos historiadores Tatiana Marchette e Vidal Costa, foi viabilizado por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, com incentivo da Copel, e descreve o surgimento da instituição urbana que se tornou um ponto de referência da comunidade polonesa no Paraná e no país ao unir a comunidade, divulgar suas tradições e costumes, promover o auxílio mútuo e prestar assistência aos compatriotas recém-chegados.

A partir de informações históricas relevantes e inéditas, são relatados os tempos pioneiros vividos pela comunidade polonesa, na cidade de Curitiba, como as dificuldades ocorridas por causa dos desdobramentos da Revolução Federalista, ao longo do governo Vargas e no Estado Novo e também no período em que a Polônia estava sob o regime comunista. Os poloneses no Brasil viveram períodos de perseguição e discriminação por parte do governo, momentos lembrados pelos descendentes quando fazem referência à  política de nacionalização dos anos 1930 e às tensões do pós-guerra nos anos 1950 e 1960.
Os percalços não impediram a mistura entre culturas e o florescimento de outra vida na nova pátria. Nas páginas do livro são contadas essas histórias de desafios, com destaque para o ânimo permanente dos sócios da Tadeusz Kosciuszko e para a luta com o intuito de acessar as políticas públicas que permitissem a manutenção do prédio da Sede da Sociedade.  São contadas, ainda, histórias de perseverança, paciência e boa-fé, que resultaram em sucessos e glórias.

A publicação também recupera lembranças do tempo em que o salão da Sede Social abrigava cursos, bailes tradicionais, escola, ensaios do Grupo Folclórico Polonês  do Paraná, discotecas e várias comemorações que traziam e trazem a marca da polonidade. Marcas que Curitiba já incorporou ao saborear um pierogi, apreciar a boa vodka, ouvir Chopin ou passear pelos caminhos do Bosque do Papa.





Lançamento do livro  Sociedade Polono-Brasileira Tadeusz Kosciuszko: 125 anos de contribuição para a construção do Brasil.

Data: 17 de junho
Horário: 19h

Local: Sociedade Polono-Brasileira Tadeuz Kosciuszko - Rua Ébano Pereira, 502 - São Francisco
Ingresso: gratuito









Exposição Sociedade Polono-Brasileira Tadeusz Kosciuszko: 125 anos de contribuição para a construção do Brasil Organizada com  algumas das fotos que ilustram o livro e contam a trajetória da edificação da Sociedade e da organização dos poloneses na instituição ao longo desse período a exposição tem curadoria de Meg Mamede (Cultura in Company) e Schirlei M. Freder (Creare Consultoria).

Data: 17 de junho a 16 de setembro
Horário: 9h às 11h30 - 14h às 17h (2 a 6a feira)
*somente visitas agendadas pelo e-mail stkcuritiba@gmail.com
Local: Sociedade Polono-Brasileira Tadeuz Kosciuszko - Rua Ébano Pereira, 502 - São Francisco
Ingresso: Gratuito 


(Fonte: Karen Monteiro / Assessoria de Imprensa) 


*** 

domingo, 14 de junho de 2015

Exposição de Márcia Széliga e Celebração Musical de Daniel Namkhay em Curitiba.



Show de Lançamento do novo CD Poderoso Sol, de Daniel Namkhay.  Abertura com Munay Banda e Exposição Lum-in-essência, de Márcia Széliga.

Quando: dia 29 de agosto de 2015, das 19 às 22h, Rua Ébano Pereira, 502.

Ingressos à venda no local todas as Quartas e Quintas das 14 às 17h

Crianças até 7 anos entrada livre. Até 12 anos meia-entrada.

E no Domingo dia 30 de agosto acontece o Workshop A Yoga do Som, com Daniel Namkhay, das 9 às 17hs.

Valores:

INGRESSOS: R$50,00 inteira , Meia entrada para menores de 12 anos e maiores de 60 anos.

WORKSHOP: R$100,00

Informações e inscrições através dos contatos de e-mail: marciaszeliga@gmail.com  ou contato@poloniabrasil.org.br

ou

no local - Rua Ébano Pereira, 502 - às Quartas e Quintas das 14 às 17h

No dia 29 haverá degustação de alguns dos deliciosos pratos oferecidos pelo Barsóvia.

Após o término da apresentação às 22hs o público interessado pode se dirigir ao Barsóvia para esticar a noite e provar mais dos saborosos pratos e aperitivos, na companhia de Daniel Namkhay, que estará autografando seus CDs, junto de Márcia Széliga, que também estará autografando seu livro Carrossel dos 
Sonhos. Informações e reservas de mesa: (41) 9720-1022.

Sobre Daniel Namkhay

Daniel Namkhay nasceu na Argentina, mas vive no Brasil. Faz do som seu aliado na cura e na paz.
É um músico intuitivo e coletou mais de duzentas flautas de madeira, barro e bambu, viajando pelo sudeste asiático (Ilha de Java, Ilha de Bali, Tailândia, Malásia, Japão, etc.), Bolívia e Estados Unidos onde, com os nativos norte-americanos, estudou suas musicas, danças, cantos e cultura. Daniel viaja pelas Américas e Ásia realizando o "Tribal" concerto interativo onde o público participa com instrumentos, cantos e criando ritmos. Ministra também o workshop "O Yoga do Som".

Sobre as Músicas

As músicas de Daniel Namkhay são inspiradas nas poderosas tradições xamânicas da terra e nasceram como uma forma pessoal de pacificação, de oração, de expansão da consciência e de poder se religar com a natureza através da vibração de instrumentos criados com materiais naturais como: madeira, bambu, barro, pedra, cristal, cabaças, metal, etc...

A nossa cultura moderna, em seu ritmo acelerado, cria naturalmente “cabeças falantes”, com a tendência a pensar demais e que se afastam da alegria, do sorriso, da paz e da celebração... A música foi o caminho mais efetivo e instantâneo que Daniel encontrou para ir apagando essa “programação” da nossa percepção e para poder celebrar o momento presente, o milagre único de estarmos vivos neste planeta sagrado, colorido, cheio de vida e de sons, e que a grande maioria dos seres humanos parece ter esquecido!

A música é para Daniel Namkhay uma verdadeira medicina, uma fonte inesgotável de alegria, inspiração, paz e religação com as forças cósmicas e telúricas... A sua caminhada espiritual como praticante de meditação tem sido uma verdadeira descoberta de como o ruído, o grito e a raiva nos adoecem e de como a música calma, suave, criada com instrumentos naturais nos beneficia e nos oferece paz verdadeira.
Daniel cria músicas de longa duração, ondulantes e cheias de sons naturais, criadas com uma incrível coleção de mais de 200 flautas nativas, tambores de barro, de couro e de bambu, kalimbas, apitos e sementes da Amazônia, paus de chuva, sinos do Tibet e de cristal de quartzo, e outros exóticos instrumentos de muitos países como: Turquia, China, Japão, Ilha de Bali, Java, Tibet, Índia, Tailândia, Egito, EUA, Peru, Bolívia, Marrocos, México, Havaí, etc.

Através dos sons destes instrumentos mágicos e naturais Namkhay cria pacíficas viagens sonoras que propiciam aos seus ouvintes sensações orgânicas, reais, de paz, bem estar e de religação com as forças da natureza.

Venham vivenciar a Música!


Apoio

Casa Cultura Polônia Brasil, Barsóvia, Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba, Sociedade Polono-Brasileira Tadeusz Kosciuszko e Cultura in Company.

(Fonte: CCPB)

***
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...