domingo, 22 de outubro de 2017

Diretor do Cultura in Company ministra oficina no ISAE-FGV

Conhecer os aspectos fundamentais de tributação das pessoas jurídicas é importante para que possamos desenvolver ferramentas adequadas de planejamento tributário, um dos mecanismos imprescindíveis para a gestão da organização – seja ela com ou sem fins lucrativos – objetivando agregar valor à mesma e buscar as melhores opções de economia fiscal, observando-se os ditames estritamente legais.

Essa é a visão que o diretor do Cultura in Company, Rogério Cesar de Oliveira, buscou transmitir recentemente aos participantes de mais uma oficina de Planejamento Tributário Empresarial, ministrada para alunos do ISAE-FGV, nos dias 16 e 17 de outubro, como parte do projeto Perspectivação. A instituição oferece, paralelamente aos seus programas de pós-graduação, MBA e mestrado, oficinas de aprendizagem que permitem aos alunos ampliar suas competências profissionais e pessoais, através da abordagem de temas complementares àqueles apresentados nos programas.

(Foto: acervo ISAE-FGV)

Contando, mais uma vez, com uma turma participativa, o que propiciou ricos debates sobre o tema, a oficina discorreu sobre as modalidades de lucro real, lucro presumido e Simples Nacional, abordando as vantagens e desvantagens de cada regime tributário. Tópicos específicos como contribuição previdenciária patronal, desoneração da folha de pagamento, bônus de adimplência fiscal, incentivos fiscais via Lei Rouanet e aspectos tributários em reorganizações societárias também foram apresentados aos participantes. “Não há como se falar em gestão empresarial sem abordarmos, necessariamente, o planejamento tributário”, afirma Oliveira. “Por outro lado, é fundamental que as organizações tenham em mente que não basta focar na economia tributária pura e simples; é preciso também atentar para o crescimento dos negócios. Optar apenas por um modelo tributário a princípio mais vantajoso pode, por outro lado, engessar políticas de crescimento, expansão ou conquista de novos mercados. Conciliar crescimento e impacto tributário é o grande desafio a ser pensado nas empresas”, pondera. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...